INÍCIO

terça-feira, 7 de maio de 2013

"Canções de apartamento" (2011) CÍCERO (RJ)

2011 foi sem dúvida alguma um bom ano para o mundo da música, tivemos grandes lançamentos nacionais de artistas já conhecidos do grande público como Mallu Magalhães e Chico Buarque, e de revelações como o rapper Criolo.
FOTO (Reprodução/INTERNET)
Dentre essas revelações da música brasileira está o cantor/compositor Cícero e seu disco de estreia Canções De Apartamento, considerado por muitos um dos melhores álbuns nacionais de 2011 e por boa parte desses, o melhor disco de 2011 com suas músicas de arranjos simples, enxutos e com letras melancólicas, lembrando os áureos tempos de bandas como o Los Hermanos.
“Tempo De Pipa” abre o álbum de maneira leve em uma marchinha tranquila, o arranjo simples apresenta ótimas frases de instrumentos como metalofone e acordeon e o refrão passa a sensação de caos e desordem, dando ênfase à melancolia da bela letra interpretada pela voz suave de Cícero. “Vagalumes Cegos” inicia praticamente da mesma forma que a faixa de abertura, porém em um ritmo mais arrastado fazendo contraponto à letra dinâmica que quase não repete frases durante toda sua duração.
FOTO (Reprodução/INTERNET)
“Cecília E Os Balões” chama atenção pela bela frase executada pelo metalofone e pelas entradas da guitarra em acordes com uma distorção leve, mas agressiva, que chega rasgando a suave textura sonora do arranjo na parte final da canção. “João E O Pé De Feijão” apresenta uma grande performance vocal de Cícero, indo de frases quase sussurradas a momentos que exigem mais potência do intérprete.
FOTO (Reprodução/INTERNET)
“Ensaio Sobre Ela” é uma das músicas mais bonitas do disco, apresentando uma bela letra e um instrumental simples com uma beleza imensa. “Açúcar Ou Adoçante?” é a música mais forte do álbum, com um instrumental bem marcado nas estrofes e com o peso de uma bigorna no refrão, mas sem sujar o som com distorções ou ruídos excessivos.
Cícero foi a grande revelação da música brasileira em 2011, mesclando em um só artista grandes influências como Chico Buarque, Caetano Veloso, Tom Jobim, Los Hermanos, The Beatles e Radiohead, e conseguindo a partir disso tudo criar uma identidade própria e até então nova no cenário nacional.
Fonte clique aqui

FOTO (Reprodução/INTERNET)
Mais informações no perfil do FACEBOOK
Destaco as canções:
"Tempo de Pipa"


"Açúcar ou adoçante?

“Ponto cego”


BAIXE O CD CLICANDO NA CAPA

Nenhum comentário:

Postar um comentário